ATO EM DEFESA DO APEB

  ATO EM DEFESA DO APEB!Convocamos toda a comunidade baiana, os movimentos sociais e as demais entidades para o ato público em defesa do APEB. Compreendemos que todo o patrimônio (o imóvel e as documentações) deve ser preservado de quaisquer interesses que não sejam a preservação da história e da memória do nosso povo.Em defesa

RESOLUÇÃO CONARQ Nº 48, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2021

  RESOLUÇÃO CONARQ Nº 48, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2021 Estabelece diretrizes e orientações aos órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Arquivos quanto aos procedimentos técnicos a serem observados no processo de digitalização de documentos públicos ou privados. A PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS, no uso da atribuição que lhe confere

Nota de repúdio às ações que estão ocorrendo no Estado da Bahia: Palácio Rio Branco e Arquivo Público do Estado da Bahia

  O Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro se junta aos demais órgãos e entidades, que vêm denunciando ações relativas ao patrimônio cultural no Estado da Bahia, e vem a público externar seu repúdio: a) diante da destinação do Palácio Rio Branco, outrora Palácio dos Governadores e Palácio do Governo do Estado da Bahia,

MANIFESTO EM DEFESA DO PRÉDIO DA QUINTA DO TANQUE, LOCAL QUE ABRIGA O ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA (APEB)

A Associação dos Arquivistas da Bahia (AABA) vem a público manifestar preocupação com a grave ameaça ao prédio da Quinta do Tanque, localizado na Rua Quinta dos Lázaros, nº 50, Bairro Baixa de Quintas, Salvador-BA, prédio histórico que abriga o Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB). A sociedade baiana, em especial a comunidade arquivística,

Patrimônio nacional, prédio do Arquivo Público da Bahia vai a leilão na segunda

O prédio do Arquivo Público é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. A comunidade arquivística baiana foi surpreendida com a noticia postado no A tarde do Sáb , 06/11/2021. “O prédio que abriga o Arquivo Público do Estado da Bahia (Apeb) será leiloado na próxima segunda-feira, 8. O imóvel está entre os penhorados para

Série de vídeos “Arquivologia Extraclasse” alusiva ao dia do Arquivista é promovida pela AABA em 2021.

   A Associação dos Arquivistas da Bahia (AABA) tem a satisfação de apresentar mais um Projeto no âmbito das atividades alusivas ao dia do Arquivista. A partir deste mês de outubro do ano de 2021, abrimos nossas mídias digitais para relatos de experiências no âmbito do Projeto “FORMAÇÃO CONTINUADA E OS DESAFIOS PARA APRENDIZAGEM EM

AABA REALIZA LIVE EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO ARQUIVISTA

  Em comemoração e homenagem ao dia do arquivista, a  Associação de Arquivistas da Bahia (AABA) organizará no dia, 18/10/21, às 18h30, no seu canal no YouTube, uma live intitulada:  Arquivista: legados e tendências de uma profissão em transformação. Essa atividade terá como convidados, o palestrante Antonio Gouveia (Arquivo Público do Estado de São Paulo),

NOTA DE REPÚDIO AO AUTO DE INCINERAÇÃO DA SEMOB

NOTA DE REPÚDIO   Excelentíssimo Senhor Fabrizzio Müller Martinez Secretário de Mobilidade de Salvador/BA. A Associação dos Arquivistas do Estado da Bahia – AABA vem a público externar com veemência o nosso repúdio ao Auto de Incineração publicado pela Secretaria Municipal de Mobilidade – SEMOB. O Auto de Incineração foi publicado no Diário Oficial do

AUDIÊNCIA PÚBLICA – A IMPORTÂNCIA DO ARQUIVISTA E DO ARQUIVO PÚBLICO MUNICIPAL

Audiência aborda papel do arquivista e do arquivo público Atividade on-line foi conduzida pelo vereador Augusto Vasconcelos “O ouvidor-geral da Câmara da Municipal de Salvador (CMS), vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB), presidiu na quinta-feira (30) a audiência pública “A Importância do Arquivista e do Arquivo Público Municipal”, em parceria com a Associação dos Arquivistas do Estado da

1ª Oficina Construindo Projetos Arquivísticos

  1ª Oficina Construindo Projetos Arquivísticos A 1ª oficina do ano de 2021 tem como preceito propiciar espaços de discussões, reflexão e compartilhamento acerca dos fazeres arquivísticos teóricos e práticos à comunidade arquivística baiana e mediante o formato de realização remoto, de alcance para outros grupos no contexto nacional e países de língua portuguesa. Objetivo