Por Adelmária Ione dos Santos* Quando falamos em paradoxo, estamos diante de situações nas quais as premissas de um argumento não são necessárias para sustentá-lo, logicamente até porque contraria princípios básicos e gerais aceitos pela maioria. Assim é a prestação do serviço público no Brasil, no momento da maior crise sanitária vivida pelo país. Em